Vereadores se reúnem em Sessão Ordinária

por don publicado 25/10/2016 14h59, última modificação 25/10/2016 14h59
Sessão Ordinária neste dia 20 de Outubro.

Aos 20 de Outubro de 2016, esta Casa Legislativa esteve reunida em Sessão, sob a Presidência do Vereador José Nilton, e dos Vereadores presentes: Janduí Pires, Francisco Assis, Francisco Juraci,Maria Alvaneide, Maria Lobo e Manoel Laécio. O Vereador Laécio falou sobre a análise do orçamento que é feito muito por cima e sugeriu que se possa avaliar além da Comissão uma reunião com todos, porque a peça é complicada, justificou a ausência na Sessão anterior por motivo de viajem a Natal para tratar de saúde, agradeceu a população pela eleição e o trabalho que foi feito, lamentou a saída de José Nilton e Raimundo Eliton e destacou a chegada de Flavianildo e Elias, para que possam trabalhar por toda a população, agradeceu a confiança de todos, o pais está em crise, o Estado está em crise, o Município está em crise, mais nós temos que trabalhar e encontrar soluções. O Vereador Janduí pediu para registrar em Ata a sua preocupação com a decisão do Supremo a respeito da Vaquejada, que é uma tradição do nordeste que começou com os vaqueiros no trabalho de recolher o gado para ser ferrado, a Câmara Federal e as Assembleias legislativa dos Estados já estão apresentado projetos para a sua regulamentação, de modo que a vaquejada voltará sim, porque além de cultural e fonte de muito empregos e que ele e está Casa estão a favor dos vaqueiros. O Vereador Assis falou da alegria de disser neste Plenário que esta Casa se preocupa com toda a população, destacou a perfuração do posso pelo exército na Lagoa de Dentro, lá já tinha dois e agora será acrescido de mais um para atender aquela comunidade e que já se está tentando conseguir a perfuração de mais um pelo exército, disse que estará sempre incansável na luta por melhorias para a população. O Vereador José Nilton citou pontos de reflexões, primeiro as eleições que já ocorreram, então que nossa população e também os nossos políticos não incentivem a divisão por 4 ou 6 anos, vamos esquecer e passar a trabalhar pela melhoria dos serviços e dos atendimentos para o grande eleito, que é o povo de Doutor Severiano, voltou a destacar o serviço de recapeamento que não para em nenhum momento, e o objetivo será o calçamento de toda zona rural com posterior cobertura asfáltica, o Brasil está pagando a conta da roubalheira e incompetência do governo do PT, se por um lado teve medidas louváveis, por outro quebrou a nação, não se tem arrecadação, precisamos agora fazer o Brasil crescer e tirar do desemprego 12 milhões de desempregados, e isso se aplica a Doutor Severiano. DSC01141.JPG

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.